Você vive de passado quando o assunto é amor?

Você vive de passado quando o assunto é amor?

Você é daqueles que se joga em novas aventuras, desbrava novos mundos ou se prende às lembranças (muitas vezes tristes) de amores do passado?

August 31, 2021

Celebridades são para muitas pessoas exemplos que moldam as escolhas de muitos fãs. Sejam elas atrizes, atores, cantores, atletas, é muito comum desejarmos ter a vida dessas pessoas, esta que, por vezes é até bem glamurosa. Mas e no amor? Algumas histórias comuns para as celebridades podem também ser para nós?

Em julho deste ano, o casal Jennifer Lopez e Ben Affleck voltaram a ficar juntos - aliás, desencadearam uma avalanche de nostalgia lá do início dos anos 2000, quando decidiram retomar o relacionamento de 17 anos atrás. É claro que a mídia não poderia deixar de registrar e supor as mais controversas histórias para a decisão.

É ai que perguntamos: você costuma fazer como as celebridades procurando o ex ou dá a volta por cima e começa um novo amor, do zero?

Para muitos, navegar em ex-parceiros é uma realidade de romance. Essa realidade pode ser negativa - cheia de contos de advertência – já que muitos ex-parceiros não conseguem se entender. Reconstruir um relacionamento do passado também pode ser um empreendimento cujas possibilidades podem recair nas opiniões individuais e no passado que os fizeram terminar o relacionamento.

Para muitos especialistas, voltar a ficar com um ex pode até levar a um final feliz, mas somente se ambos os parceiros revisarem seriamente o que deu errado antes. Então, será que vale a pena passar por tudo isso? Se já não deu certo antes, dará certo agora? Por que insistir em relacionamentos muitas vezes tóxicos, motivo de grande parte das separações e fim de romances?

Pode até ser tentador e até mesmo um objetivo para algumas pessoas, mas se as histórias vividas não soam como sucesso e como um conto de fadas, o melhor caminho é aproveitar as oportunidades que a vida pode oferecer. Uma delas é investir em sites e aplicativos de relacionamento que oferecem recursos para facilitar (e encurtar) esse caminho.

Dependendo da fase da vida, você pode ter objetivos bem específicos. Pensando nisso, aí vão algumas dicas de plataformas bem ovjetivas, como o Be2 (para encontrar um grande amor mais moderno, descolado), o Amor&Classe (para românticos assumidos), o Solteiros50 (para quem tem mais de 50 anos) e C-Date (encontros casuais, sem compromisso). 

A boa notícia é que mesmo em meio à pandemia, ela trouxe alguns pontos positivos, como acelerar o processo para alguns e tornar o acesso às novas tecnologias algo menos assustador.

Com isso, boa parte dos internautas solteiros nesses portais acima afirmam que conseguiram deixar a timidez de lado e se aventuraram em sites e aplicativos de relacionamento. A criatividade rolou solta. Marcaram desde jantares online a sessão de cinema cada um na sua casa. Experiências novas, afinal, são pessoas se abrindo para novas oportunidades!

E o melhor de tudo, segundo os depoimentos de internautas, é poder ter trocado ideias e horas de conversas sem a pressa e a pressão do encontro presencial.

Tá aí uma nova maneira, mais slow (devagar), de curtir o parceiro ao conhecê-lo. Fica a dica para você que ainda não desvendou os recursos de sites e aplicativos de relacionamento.

Visite-Nos be2

Escreva uma resposta

Concordo com os Termos de Serviço